Atendimento (51) 3391.0969

Sobre a Cidade

A cidade de Bento Gonçalves é um importante polo industrial e turístico da Serra Gaúcha. A vocação industrial e turística mesclam a cultura do seu povo: a garra do seu trabalho desenvolveu a industria e ao mesmo tempo a  preservação da cultura de sua origem criou um núcleo de atrativos turísticos ligados à uva e ao vinho.
 
Situada no alto da Serra Gaúcha, Bento Gonçalves é uma cidade de gente acolhedora e de natureza exuberante que figura entre as 10 maiores economias do Rio Grande do Sul. 

Maria Fumaça

Maria Fumaça

O passeio turístico de trem a vapor é uma memorável atração na Serra Gaúcha, na Região Uva e Vinho. Os turistas são recepcionados na estação de Bento Gonçalves com uma deliciosa degustação de vinho. Ao soar o sino, todos embarcam numa viagem repleta de alegria e que traduz o jeito de ser dos imigrantes italianos. São 23 quilômetros de agradável percurso com duração média de 2 horas. Durante o passeio, a festa é conduzida por atrações típicas italianas e gaúchas.
 
A recepção em Garibaldi acontece ao som da música gaúcha e italiana, enquanto todos degustam espumante moscatel e suco de uva. Novo embarque, com destino ao final do passeio. A Giordani Turismo recepciona os turistas na cidade de Carlos Barbosa com um show de música italiana. Neste momento, todos se encontram e confraternizam embalados pela música. Alguns passageiros dizem adeus, enquanto outros embarcam no retorno a Bento Gonçalves.

Parque Epopéia Italiana

Parque Epopéia Italiana

Viver e sentir o cotidiano dos imigrantes italianos na época de 1875, ano chave que marcou a chegada dos primeiros italianos na região. O propósito é envolver o visitante no contexto, fazendo-o sentir as mesmas emoções e necessidades que os imigrantes tiveram desde a saída da Itália até a chegada ao Brasil.
 
Visitar o parque é embarcar numa verdadeira viagem pelo tempo que conta a história de um casal de imigrantes, Lazaro e Rosa, bisavós dos idealizadores Susana Giordani e Leonardo Giordani.
 
Em 2.000 metros de área construída, foram montados nove ambientes que retratam aspectos que vão desde a vida na Itália, passando pela viagem ao Brasil, e por fim, a adaptação no novo continente. A atuação dos atores e os efeitos especiais de som e luz proporcionam uma maior dinâmica dando vida às réplicas e ambientes. A visita dura aproximadamente 45 minutos. 

Museu do Imigrante

Museu do Imigrante

O Museu do Imigrante foi fundado através do decreto Lei 566 de 18 de dezembro de 1974, e abriu suas portas para a comunidade em 21 de maio de 1975, desenvolvendo desde então as suas atividades em um antigo prédio construído em 1913. 
 
O prédio do museu já foi uma Estação de Sericicultura, Escola Agrícola, Anexo do Hotel Planalto e também residência. Foi tombado como Patrimônio Histórico do município em 2005 e passou a integrar o roteiro cultural de nossa cidade.
Para resgatar a história da Imigração Italiana, o Museu teve quase dez mil itens doados pela comunidade. O Museu possui dois andares e sete salas temáticas onde preserva artefatos, documentos textuais e imagens divididos em: Sala de Gaitas, Arte Sacra, Objetos Pessoais e Ofícios, Quarto de Dormir, Cozinha, Trabalho e Vinho. 
 

Vale dos Vinhedos

Vale dos Vinhedos

O Vale dos Vinhedos representa o legado cultural e histórico deixado pelos imigrantes italianos, chegados ao Brasil em 1875. Os costumes e tradições estão enraizados nas pessoas e na paisagem do Vale dos Vinhedos. A construção de capelas e capitéis, a devoção aos santos, o dialeto vêneto e, principalmente, o cultivo da videira e a produção do vinho são marcas da imigração italiana.
 
Vales e montanhas cobertos de parreirais marcam a beleza do Vale dos Vinhedos, onde a vocação para a vitivinicultura mostra todo o seu potencial. As pequenas propriedades rurais dividem espaço com vinícolas de destaque nacional e internacional pela qualidade dos seus vinhos.
 
O Vale dos Vinhedos é o principal destino enoturístico do Brasil. É também o roteiro turístico da cidade mais visitado desde 2008. Pioneiro na busca por regras de certificação, foi a primeira região produtora do país a alcançar o status de Indicação de Procedência (IP), em 2002 e também da Denominação de Origem (DO), em 2012.
 
A região do Vale dos Vinhedos ocupa uma área de 72,45 quilômetros quadrados entre as cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul. 

Caminhos de Pedra

Caminhos de Pedra

Legítimos representantes da cultura camponesa, aquela que fazia tudo com as mãos, os imigrantes italianos, totalmente desprovidos de bens materiais, trouxeram para o Distrito de São Pedro a riqueza de seus valores culturais, expressos na religiosidade, no trabalho e valorização da família.
 
Os Caminhos de Pedra resgatam a herança cultural recebida dos imigrantes italianos, constituindo-se num museu vivo, onde os descendentes desses imigrantes recebem o visitante e lhes mostram a autenticidade e originalidade da sua cultura, gastronomia e arquitetura.

Hotel Villa Michelon


01 Noite

  • 01 Noite de Hospefagem;
  • Café da Manhã;
Valor para duas Pessoas em Apartamento duplo: A Partir de R$760,00
 

02 Noites

  • 02 Noites de hospedagem;
  • Café da Manhã

Valor para duas Pessoas em Apartamento duplo: A Partir de R$1.090,00
 

Hotel Laghetto Vierone


  • 01 Noite de Hospedagem;
  • Café da Manhã;
  • Transfer de ida e volta* para a Cerimônia.

*Os horários de volta serão informados previamente.

Valor para duas Pessoas em Apartamento duploR$640,00

Hotel Super 8


  • 01 Noite de Hospedagem;
  • Café da Manhã;
  • Transfer de ida e volta* para a Cerimônia.
*Os horários de volta serão informados previamente.
 
Valor para duas Pessoas em Apartamento duplo: R$260,00